CURSO IBEMAC


alquimistas.jpg

Já houve um tempo em que o candidato aprovado para ingressar na Maçonaria iniciava na organização sem conhecimento algum daquilo que estava fazendo; acabava por participar de uma cerimônia da qual nada ou bem pouco sabia e dentro da cerimônia era convidado (quase que forçado) a fazer um voto de silêncio sob juramento com o qual se comprometia seriamente com os objetivos da associação. Somente com o passar do tempo e frequentando assiduamente várias sessões é que o Aprendiz conseguia entender qual a pratica ritualística a qual estava sujeito, quais eram os temas dos estudos aos quais deveria se dedicar etc. A evasão de um grande número de maçons que simplesmente deixavam de frequentar as Lojas e que desistiam da Maçonaria tornou-se espantosamente crescente. Por esse motivo, os líderes da Maçonaria no mundo todo desenvolveram várias pesquisas internas para poder detectar o motivo desse afastamento dos seu membros. Chegaram a conclusão que uma grande parte desses desistentes tinham se decepcionado com o tipo de estudos que eram obrigados a participar uma vez que foram devidamente iniciados porem sem explicação de nada. Estudos com os quais não tinham afinidade alguma. Nem tanto a decepção pelo estudo, mas sim a dificuldade em assimilar o tipo de matéria estudada é que levou e continua levando muitos maçons a desistir de frequentar a Loja. Atualmente as coisas mudaram, a Maçonaria e os próprios candidatos também evoluíram; praticamente a internet deu chance a todos para obterem informações (as vezes não tão seguras) sobre vários assuntos inclusive Maçonaria. As Lojas descobriram que é preferível ter um candidato que conheça um pouco mais a fundo a Maçonaria do que um totalmente leigo. Devido a essa conclusão alguns Grandes Orientes e algumas Grandes Lojas decidiram oferecer material de estudo antecipado aos seus candidatos ou indicar um curso sobre Maçonaria. Foi com essa finalidade que surgiu o IBEMAC Instituto Brasileiro de Ensino Maçônico , reconhecido e aceito por mais de 32 lojas espalhadas pelo Brasil, tornou-se o responsável para oferecer material didático de alta qualidade no preparo dos candidatos que pretendem ingressar em uma loja maçônica. O estudo é abrangente, leva o candidato a conhecer a matéria de estudos dos graus de Aprendiz, Companheiro e Mestre, sem contudo adentrar nos segredos da maçonaria ou nas formas de identificação (sinais, toque e palavras). Os candidatos que concluem o curso com aproveitamento poderão ser encaminhados para alguma loja que mantenha convênio com a Maçonaria Brasil e com o IBEMAC e, se aprovados na sindicância, preenchendo os requisitos necessários, certamente serão convidados a participar da Loja. O curso não garante ao aluno que ele será iniciado em uma loja, mas sim o prepara para que, no caso em que venha a ser convidado, possa ter um conhecimento prévio que o destaque perante os demais candidatos. Portanto, a chance de um aluno preparado pelo IBEMAC em ingressar na Maçonaria certamente é maior do que a de um candidato sem preparo algum. Durante o curso o aluno se submete a provas nos três graus de estudos e ao final recebe a carteira de estudante e um Certificado de Conclusão do Curso; o aluno terá um orientador para esclarecer as dúvidas durante o curso e terá maior facilidade em fazer contato com um maçom que aceite ser o seu padrinho para ingresso na Maçonaria. Portanto, matricular-se no curso de maçonaria do IBEMAC é realmente importante como sendo o primeiro passo em direção do seu objetivo: "tornar-se um maçom". o IBEMAC é o curso indicado pela Maçonaria Brasil para aqueles que se candidatam através do envio de cadastro nesta página. Certamente um dos auxiliares da secretaria do IBEMAC entrará em contato com o candidato e explicará com maiores detalhes sobre o curso. Aguarde nosso telefonema ou o nosso contato via e-mail. www.ibemac.com
Observação: Assim como existem lojas que preferem os candidatos que tenham passado pelo curso, outras, entretanto, não exigem curso algum, desconhecem a existência dos cursos ou simplesmente não os reconhecem como válidos. Portanto, o candidato poderá encontrar maçons (ainda uma grande maioria) que ingressaram na maçonaria sem cursos algum. Por isso é que no início deste texto deixamos claro que muita coisa está mudando...inclusive a maçonaria!