DÚVIDAS FREQUENTES



1) Após enviar meu cadastro, quanto tempo devo aguardar por uma resposta?

R: Aproximadamente entre 15 a 20 dias.


2) Depois de enviar o cadastro que está na página qual o próximo passo?

R: Um Mestre Maçom entrará em contato com você, primeiramente através de e-mail e solicitará maiores informações sobre sua vida, principalmente seus documentos pessoais, pessoas que sirvam de referência etc. 


3) Quais os requisitos básicos para ser aceito na Maçonaria? 

R: Homem, maior de 18 anos, sem ficha criminal, com emprego fixo, honesto e que garanta a sua estabilidade financeira, ou profissional liberal ou autônomo com estabilidade. Pode ser indicado por outro maçom ou escolhido por um grupo de mestres, mediante o envio de cadastro que será avaliado, como é o caso das fichas que chegam ao Grupo Maçonaria Brasil.


4) Quanto devo pagar para ter meu cadastro avaliado pela equipe de Mestres Maçons?

R: Não há cobrança de nenhum valor para essa avaliação. Se a sua ficha for aprovada, será encaminhada para uma Loja Maçônica. Cada Loja tem sua tabela própria de valores para a iniciação. Esses valores devem ser tratados entre o candidato e a Loja.


5) Se eu for aprovado na seleção do cadastro, serei obrigado a pertencer a alguma Loja Maçônica?

R: Não. O candidato aprovado terá o direito de ingressar na Maçonaria, mas não será obrigado a filiar-se a qualquer Loja; é um direito e não uma obrigação.

6) Poderei escolher uma Loja Maçônica de minha preferência?

R: Sim. Durante o cadastro o candidato deverá especificar se tem preferência por alguma Loja, de alguma potência, em alguma cidade ou estado.


6.1) É certeza que serei chamado para a Loja da minha escolha?

R: Se for aprovado, o cadastro será encaminhado para a Loja da escolha do candidato, porem a Loja tem todo o direito de aceitar ou não a ficha, devido a critérios próprios que cada uma das Lojas mantém para ingresso de novos membros. Caso o candidato não for aceito naquela Loja, o grupo Maçonaria Brasil encaminhara a ficha para outras Lojas até que uma das consultadas aceite a ficha do candidato.


7) Qual a vantagem em ter o meu cadastro avaliado por essa equipe?

R: A vantagem é ter certeza que o seu cadastro é bom, foi bem avaliado e que você está apto a ingressar na Maçonaria.


8) Por quanto tempo será válida a aprovação?

R: Os cadastros aprovados tem uma validade de até 06 meses, depois as informações devem ser renovadas.


9) Quais são os métodos que o Grupo Maçonaria Brasil utiliza para avaliar as informações do meu cadastro?

R: O Grupo Maçonaria Brasil utiliza de todos os meios possíveis e legais para obtenção de informações cadastrais, desde a consulta ao SERASA/SCPC, Tribunais Estaduais e Federais para averiguação da situação cível e criminal, Policias Estaduais e Federais, consulta a vizinhos, amigos e empregadores ou ex-empregadores. É importante esclarecer que as pessoas consultadas sobre a conduta do candidato não serão informadas que se trata de ingresso na Maçonaria.


10) As Lojas entrarão em contato comigo? Como saberei se esse contato está ligado ao Grupo da Maçonaria Brasil?

R: A pessoa se identificará como sendo indicado pelo Grupo Maçonaria Brasil e terá o seu cadastro em mãos.


11) Se eu for iniciado em uma Loja, depois poderei mudar para outra?

R: Sim. Não há obrigação de permanecer filiado a uma Loja. O que se pede é que o candidato escolha muito bem a Loja que irá iniciá-lo e depois permaneça nela, esse critério é saudável tanto para o candidato quanto para a Maçonaria, pois a loja depende dos seus membros para que cresça e dê frutos ou mantenha a sua grandeza e possa prosseguir no seu trabalho social de amparo aos mais necessitados. Mas, o maçom iniciado pode mudar de uma Loja para outra segundo as suas conveniências, principalmente distância da residência.


12) Quantas vezes por mês deverei comparecer as reuniões da Loja?

R: Existem Lojas que se reúnem uma vez por semana, outras tem reunião quinzenal e outras, ainda, reuniões mensais.


13) Quanto gastarei para ingressar na Maçonaria?

R: O ingresso na Maçonaria, para o candidato com ficha aprovada, depende de uma doação ou pagamento da taxa de iniciação, esses valores variam, de Loja para Loja, entre R$ 1.500,00 e até 5.000,00 isso, como já dissemos, conforme a Loja e sua localidade. As Lojas da Capital dos Estados são as que exigem maiores valores para o ingresso, consequentemente, as Lojas das Cidades do interior tem exigência de valor sempre menor. Além desses valores, o candidato deve saber que terá gastos com a compra dos paramentos, da Cédula de Identidade Maçônica, do Certificado, com os rituais e manuais, bem como com a refeição no dia da iniciação. Nessa conta deve incluir gastos com o deslocamento até o local da iniciação. Para ingressar na Maçonaria, o candidato, além de ter uma vida atual e passada correta, deve estar em uma condição financeira estável, ter uma profissão que gere frutos suficientes para cuidar da família e colaborar com a futura Loja.


14) Todas as Lojas são da mesma Maçonaria ou existe diferenças entre elas?

R: Maçonaria é o nome da filosofia praticada por um determinado grupo de pessoas, que se reúnem para essa finalidade. No Brasil e no mundo existem várias Lojas. Cada Loja está ligada uma certa organização, chamada potência ou obediência, que poderá ser um Grande Oriente ou uma Grande Loja. As lojas de uma determinada potência não reconhecem as Lojas de outras potências. Portanto, existe sim, uma grande divisão dentro da Maçonaria e isso é maior no Brasil do que em outros países do mundo.


15) O que é rito? Quantos ritos temos no Brasil? As Lojas seguem todas o mesmo rito?

R: Rito é uma sequência de atos que norteiam o ritual de uma Loja Maçônica. No Brasil temos cerca de 20 a 30 ritos diferentes. Cada Loja segue um rito próprio e no Brasil, o rito mais utilizado é o Rito Escocês Antigo e Aceito (REAA), seguido pelo Rito de York (que é o mais utilizado nos Estados Unidos) e pelos Ritos Egípcios e outros.


16) O que é uma Loja espúria?

R: Esse adjetivo é utilizado para indicar uma Loja que não está ligada a uma potência ou que não segue as práticas maçônicas como devem ser, não tem um ritual definido e escrito e não seguem os preceitos dos landmarks, tanto os de Albert Mackey quanto os de Albert Pyke. As Lojas atuais e menos discriminatórias seguem os Landmarks de Pyke.